Uma vítima coitadinha chamada Correio da Trofa

gato das botas

Por estes dias, deparei-me como um momento de indignação do editor do Correio da Trofa. Em breve declaração no Facebook do quinzenal, escreveu Pedro Póvoas:

É com alguma mágoa que nos chegam relatos de atitudes pouco saudáveis em relação à divulgação do nosso jornal. Foi-nos dito, recentemente e por mais que uma pessoa, que os nossos jornais são “escondidos” – ou seja, distribuição boicotada – nos dois quiosques do centro (Pedro e Tina). Nesses dois locais juntos são deixados 400/500 exemplares. Um número que provavelmente nunca chega a si, a não ser que tenha a sorte de perguntar pelo jornal a alguém que saiba o canto nos confins do estabelecimento onde ele se encontra escondido.

Vamos continuar a deixar jornais nestes dois locais. Mas agora os leitores já sabem o que está a acontecer caso não encontrem lá exemplares.

Não sabemos o que move certas pessoas. Mas este tipo de atitudes só nos dão força.

Pedro Póvoas”

Apesar de bastante comovido com o alegado boicote a que o jornal de eleição do regime foi sujeito, não posso deixar de notar algumas peculiaridades. Em primeiro lugar, ler uma declaração do director de um jornal sobre uma alegada espécie de censura baseada em relatos de “mais que uma pessoa” (podem ser duas, podem ser 39 mil) remete-me para o campo do boato e da especulação, campo magistralmente dominado por tantos dos seus amigos políticos cá do burgo. A mim já mais que uma pessoa me disse que o ajuste directo que a CMT fez à Flexisílaba Publicações Lda/ Correio da Trofa teve como único intuito providenciar um balão de oxigénio ao jornal e pagar ordenados em atraso quando a outra torneira fechou e nem por isso assumi tal hipótese como dado adquirido. Limitei-me a olhar para a situação e encará-la como um simples favorecimento.

Por outro lado, se o Correio da Trofa está “magoado” com o tratamento de que tem sido alvo por parte dos quiosques da Tina e do Pedro, porque motivo continua a enviar para lá 400/500 exemplares? Se verdadeiramente acreditam que estão a ser alvo de “distribuição boicotada“, como o próprio Pedro Póvoas refere, o lógico seria cortar relações comerciais com estes estabelecimentos não é mesmo? Afinal de contas, existem outros quiosques no nosso concelho, não faltam locais para distribuir o Correio da Trofa. Para quê continuar “nos confins do estabelecimento” desta malta que parece ignorar a universalidade do “orgulho trofense”? Ou estaremos perante uma estratégia com vista a pressionar ambos os quiosques a colocar o Correio da Trofa num local de maior destaqueNão seria a primeira vez que por ali se inventavam histórias do campo da fantasia para servir objectivos ocultos.

É possível que, desde que lhe foi aplicado um preço de 0,25€ por exemplar, a população trofense tenha perdido algum interesse no Correio da Trofa. Não sei se a situação registada por altura do lançamento da primeira edição se mantêm (o número 2 da era Comunicatessen foi gratuito) mas pode estar aqui uma justificação para o cenário especulado pelo director. Por outro lado, o tom de vítima marginalizada patente nas suas palavras poderá esconder a célebre manobra do coitadinho com vista a conseguir a simpatia da população para que esta acorra aos confins destes estabelecimentos para comprar a publicação em massa. Com operadores de fantoches, sejam eles o Toninho ou as Trofices – basicamente a mesma coisa – todo o cuidado é pouco. Gente que na mesma página consegue encarnar o director responsável e cordial e o anónimo provocador e arruaceiro ao estilo dos bons velhos tempos do clones patéticos da blogosfera jota da nossa terra é rapaziada que não se pode subestimar.

P.S. As nossas audiências estão muito boas, obrigado pela preocupação! E sempre com imparcialidade, sem subsídios, sem coitadinhos e sem necessidade de nos vendermos a terceiros.

Advertisements
This entry was posted in Propaganda and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

11 Responses to Uma vítima coitadinha chamada Correio da Trofa

  1. Anonymous says:

    Também houve testamento á tentavida de agressão do Manike Araújo ao Drº- Sérgio Humberto? É bonito que o irmão ex. assessora da ex.presidente de câmara tenha tentado agredir o atual presidente e já agora uma cartinha aberta ao Drº- Pedro Ortiga e ao Sr.Hermano Martins, pela tentativa de baixar e denegrir as “SEXTA CONVIDA”

  2. João Mendes says:

    Olha um arruaceiro! que saudades! é sempre bom ver estas reacções dos cobardes politico-partidários que não mostram a cara.

    Quanto ao primeiro tema, já ouvi versões em que é o Dr. Sérgio Humberto e restante equipa que tentaram e/ou agrediram o Manike Araújo e a namorada. Mas como isso dos boatos é para gente como o caro cobardola, deixo para si e para as reuniões da sua claque

    Quanto ao Sr. Ortiga e ao Sr. Martins denegrirem as Sexta Convida, desconheço sobre o que fala mas mesmo que conhecesse não ia escrever a pedido de um qualquer cobarde afecto ao poder que se esconde por trás de uma máscara. Isso era no tempo do vosso blogue de incendiários rascas meu caro ou minha cara, seja lá o que você for.

    E volte sempre, é bom ver como o poder defende o jornal do regime. FIco sempre muito comovido!

  3. Anonymous says:

    Chamar arruaceiro e cobarde a esse anonimo fica-te um bocado mal João Mendes.
    A tentativa de agressão ao Drº- Sérgio Humberto existiu, porque eu vi com os meus próprios olhos e foi o Manike que começou a mandar bocas. Quando a tentativa de denegrir as Sextas Convida basta ires ao facebook do Hermano e tens lá a respota

    • João Mendes says:

      Não fica nada sabes? Mal fica fazer esssa figura de falso cidadão comum para tentar fazer passar uma ideia falsa. Eu conheço pessoas com cara que afirmam a pés juntos que foi exactamente ao contrário. mas sinceramente não me interessa, boatos são para políticos e eu tenho nojo deles.

      Quanto à tentativa de denegrir ao Sextas feiras convida, se te referes a uma foto com a rua vazia a tua acusação é pura e simplesmente patética.

  4. Anonymous says:

    meu caro João Mendes…Arruaceiro e cobarde são palavras que não me caracterizam. Como não sou líder de nenhuma claque, nem pertenço a nenhuma não vou a reuniões como deves compreender.
    Coisa que não sou é CEGO e graças a deus não tenho problemas de vista. Posso não perceber muito de política, mas sei ver que desde de Setembro de 2013 a Trofa mudou e para MELHOR.
    Quando eu falei na tentativa de agressão do Manike ao Srº- Sérgio, falei do que VI, porque me encontrava no local. E quando falei da tentativa de denegrir as “Sextas convida”, também falei do que VI, basta ires ao facebook do Sr.Hermano e ver o que tá lá.
    Mas agora falando de outras coisas. Tenho pena como Trofense (não pertenço e não tenho nenhum partido politico, só tenho clube e esse chama-se F.C.P) de ver certas atitudes de pessoas ligadas ao PS e não só. Vai-se construir um alternativa á EN14 e o PS é contra – Resolveram esse problema durante 2009-2013? Começaram a requalificação na estrada nacional em frente ao Posto médico até á rotunda do Cícuclo – Jornalista do Noticias da Trofa, começa a criticar, quando existe um aviso de 1 semana avisar da obra. Vai-se requalificar o parque das azenhas(aquele que a Drª- Joana mandou construir em 3 meses para ganhar eleições) e começou tudo a moer… As obras do Parque nossa senhora das dores e Lima carneiro estão a ficar concluídas, já vejo algum descontentamento do PS. Agora pergunto, porque é que o PS está sempre contra? Tem resposta?
    Não quero incendiar ninguém, quero que haja respeito e que deixem quem está á frente a Trofa trabalhar.
    Cumprimentos

    • João Mendes says:

      Alguém que ven para aqui falar de um tema que nada tem a ver com o tema do artigo é arruaceiro. E não dando a cara pelo posicionamento que tenta esconder faz dele um cobarde. Quanto aos temas porrada e Sextas Convida já respondi em cima. Quanto à restante propaganda nem me vou dar ao trabalho. Respeito? Vocês tiveran algum respeito pelo trabalho do PS? Queriam o quê? Vocês são todos iguais e como tal tratam-se de igual forma. Já deviam estar habituados. Eu que não sou do PS estou me nas tintas para essas criticas. Leve as para o mural dos socialistas! Oh, desculpe: esqueci me que no Facebook não dá para ser tão anónimo. Mas pode sempre fazer outro perfil falso!

      Mas quer mudar de assunto? Falemos de ajustes directos. Que lhe parece o tema? Volte sempre!

    • Contrariamente a este anónimo, eu não tenho qualquer problema em dar a cara pelas opiniões que dou.

      “Jornalista do Noticias da Trofa, começa a criticar, quando existe um aviso de 1 semana avisar da obra”. A frase começa logo mal, pois quem “criticou” foi a munícipe Patrícia Pereira e não a jornalista. Fico lisonjeada que se dê ao trabalho de ver a minha página pessoal. Pois página profissional, enquanto jornalista, não tenho.

      PS: não sou obrigada a estar constantemente a ver a página oficial do Município. Como os meus vizinhos e comerciantes dizem: gasta-se tanto dinheiro em panfletos para anunciar festas, que se podia fazer o mesmo com os moradores (como é o meu caso) e comerciantes, avisando-os do corte da rua, para que estes pudessem avisar os seus fornecedores.

      Cumprimentos ,
      Patrícia Pereira
      Munícipe Trofense

  5. João Mendes says:

    E imagino que, tendo ambos assistido às agressões, serão ambos testemunhas em tribunal certo?

  6. Jorge Moreira says:

    Depois de ler todo o texto e todos os comentários até fico perplexo com a indignação do jornal em causa,pergunto para quê editar tantos exemplares do jornal se quase ninguém o lê,ainda se fosse um órgão de comunicação isento fazia sentido,também estou de acordo quando se diz se o jornal e alvo de boicote, para quê perder tempo em colocar os jornais juntos aos referidos quiosques, quanto ás alegadas agressões a mim particularmente não me espanta isto só alerta os trofenses que os políticos que tem gerido os trofenses não tem capacidade para tal e depois fazem figuras ridículas.

  7. Pingback: Apanha-se mais rápido um político manipulador que um coxo | …e a Trofa é minha!

  8. Pingback: Atritos entre autarcas e imprensa local | …e a Trofa é minha!

Deixa aqui o teu comentário...

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s