Respeitem os artistas da Trofa

respeito

Ontem, 3 horas após ter questionado o facto de algumas bandas da Trofa terem sido convidadas para actuar na semana da juventude quase em cima da data do evento e não estarem presentes no cartaz ou sequer na comunicação do site da CMT, um membro do PSD, que raramente interage comigo, publicou um cartaz da semana da juventude no meu mural do Facebook. Trata-se de um segundo cartaz, mais detalhado, mais ainda assim notoriamente feito em cima da joelho, o que fica provado pelo facto de apenas ontem ter sido tornado público, a menos de uma semana do início do evento. Nele consta um conjunto de actividades e referências a bandas e projectos da Trofa que apesar de também terem um nome, não houve espaço para que o mesmo aparecesse ali, se calhar porque não passam na Mega Hits. Ou simplesmente porque a organização falhou e apenas se lembrou deles a meio desta semana.

A reacção ao meu post por parte de José Luís Araújo Monteiro foi altamente esclarecedora. Se até agora a minha única dúvida residia no facto de não haver qualquer referência aos projectos musicais do concelho que eventualmente iriam actuar (sabemos agora que alguns o farão mas continuamos ser saber oficialmente quem são) e se seriam pagos ou explorados, depois da intervenção do líder social-democrata as minhas dúvidas multiplicaram-se: será que a organização apenas se preocupou com os cabeças-de-cartaz e se esqueceu das bandas da Trofa? Será que reagiram apenas e só quando alguém lhes perguntou sobre as mesmas? Será que os nomes não aparecem no segundo cartaz porque o convite foi feito em cima do joelho e, como tal, não só não deu tempo para os incluir no cartaz como não conseguiram todas as confirmações a menos de uma semana do evento?

Deixarei o evento em si para o meu próximo post. Há muito que dizer sobre o mesmo. Muito mesmo. Hoje, e porque o senhor Monteiro me proporcionou o mote, interessa-me partilhar convosco uma questão que me parece central e que se prende com o respeito que devemos ter pelos artistas do concelho. Se uma organização gasta cerca de 20 mil euros para trazer 3 artistas de relevância nacional (segundo um “especialista” que preferiu manter o anonimato, o preço de retalho dos 3 andará até nos 25 mil euros mas aqui vou considerar que as entidades que negociaram com a CMT fizeram uma atenção de 20%), é de esperar que, ao contrário do que vem sendo habitual, os artistas trofenses sejam remunerados pelo trabalho que ali vão efectuar. É que tal como o Richie Campbell, cujo cachet será dos mais caros, acima dos 10 mil euros, também as bandas da Trofa trabalham duro e dedicam muito do seu tempo à sua produção artística. Por esse motivo parece-me fundamental que sejam remunerados. Se cada um deles receber pelo menos 4% ou 5% do valor do cachet da vedeta do Reggae português, tal significa que os artistas da Trofa poderão receber uma quantia entre os 400€ e os 500€. Um prémio mais que justificado para pessoas que cantam a nossa terra, que representam a nossa terra e que, regra geral, actuam de borla. Já chega de exploração.

Claro que isto não vai acontecer. Após ter colocado algumas questões à CMT no seu próprio mural de Facebook, foi me dito que “ainda que não tenham como compensação um pagamento financeiro, contam, entre outras contrapartidas de colaboração a médio prazo, com todo o apoio logístico e técnico da Câmara Municipal, tendo o privilégio de usufruir das mesmas condições técnicas e de palco dos nomes internacionais que participam nesta Festa“. Privilégio? Mas eles não são trofenses? Esta não é a festa da terra deles? Privilégio? Privilégio é a Trofa ter tantos e tão bons artistas que actuam de BORLA! Se se monta um palco e se traz um sistema de som todo XPTO para os cabeças de cartaz, era o que mais faltava privarem os restantes artistas do mesmo! Para além de que não há ali nenhum nome internacional, são todos portugueses.

Outro aspecto que me parece relevante para o assunto é o timing deste segundo cartaz e o evidente “em cima do joelho” que o mesmo revela. Se isto foi planeado de forma profissional (vou assumir que as pessoas que estão por trás do evento são profissionais e não abanadores de bandeiras que ali foram parar por vias clientelistas) então as bandas da Trofa foram manifestamente ignoradas. Se assim não fosse, as mesmas figurariam na notícia que anuncia o evento no site da CMT, algo que não aconteceu até ao momento, estariam presentes no cartaz principal, o que não aconteceu, ou pelo menos no secundário, algo que também não aconteceu.

Mas aquilo que achei curioso foi a própria CMT me ter dito, no passado dia 2, quando questionada sobre quando sairia o cartaz final, que o cartaz que aparece em baixo era o cartaz final e depois ontem ter aparecido um novo cartaz. No mesmo comentário, a CMT afirma que “haverá também um conjunto de iniciativas, ao longo de todos os dias da Festa da Juventude, ligadas ao associativismo e aos jovens do Concelho” sem qualquer referência aos músicos trofenses. Falta de informação? Falta de coordenação? Remendos de última hora?

Senhores políticos, respeitem os artistas da Trofa. Já são anos a mais a actuar de borla, a fazer coisas em cima do joelho e a não dar o devido reconhecimento aos nossos jovens que fazem das tripas coração para manterem o seu trabalho artístico vivo enquanto estudam ou trabalham ao mesmo tempo. Se podem gastar 20 mil euros com grandes nomes então também têm a obrigação de pagar os nossos musicos, que não são menos merecedores que os outros. Em vez de falarem da “grandiosidade que merecem“, respeitem-nos. E não nos tentem enganar.

Cartaz Semana da Juventude

Advertisements
This entry was posted in Semana da Juventude and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to Respeitem os artistas da Trofa

  1. Pingback: E agora JSD Trofa? | …e a Trofa é minha!

  2. Pingback: Uma antevisão da semana da juventude da Trofa | …e a Trofa é minha!

  3. Pingback: A linha que separa as críticas construtivas do fundamentalismo partidário | …e a Trofa é minha!

Deixa aqui o teu comentário...

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s