Uma nova era que começa

É já no próximo dia 21 de Outubro que, em sede de Assembleia Municipal, os novos titulares de órgãos autárquicos do nosso concelho irão tomar posse. Começam oficialmente 4 anos de mandato cujo plano de acção se encontra plasmado num programa eleitoral claro e objectivo. Confesso que estou curioso para perceber como ira o novo executivo, liderado por Sérgio Humberto, conseguir baixar o preço da água ou da Derrama à revelia dos manda-chuvas da sua “equipa” que ocupam actualmente o Governo nacional. Mas o que mais me intriga ainda é perceber como irá este novo executivo fazer descer o IMI, arma de arremesso da qual a inúmeros elementos da coligação usaram e abusaram para atacar Joana Lima sabendo perfeitamente que tal dependeu sempre mais dos seus partidos do que propriamente da vontade da autarca cessante. Serão 4 anos que nos permitirão perceber se estamos efectivamente perante uma mudança ou, perante uma “passoscoelhite” (leia-se “utilização compulsiva de mentiras para obtenção de poder”). Quero acreditar que este novo executivo não é feito da mesma matéria que essa gente sem carácter ou princípios que actualmente se dedica a destruir o nosso país.

Muitos adeptos e “jogadores” da equipa vitoriosa têm dito que o orgulho foi devolvido aos trofenses no dia 29 de Setembro. Sinceramente não sei a que se referem. A única coisa que nos foi devolvida, até ao momento, foi paz e sossego de não termos que ser diariamente massacrados com camiões, poluição visual e afins. Já não há comitivas no mercado, acabaram se os porcos no espeto e as fotos com criancinhas e idosos, juntamente com todas essas encenações que nos tentam fazer acreditar nessa fábula da proximidade, desapareceram sem deixar rasto. O orgulho, o futuro, o desenvolvimento e todas as outras promessas que nos foram feitas começarão agora a materializar-se e implicarão muito trabalho e dedicação sem margem para brincadeiras. A coligação Unidos pela Trofa colocou a fasquia lá no alto, esperemos não ouvir agora o argumento do “choque de expectativas”…

Algo que será muito interessante de se assistir prende-se com a mudança de postura forçada a alguns daqueles jotas que, terminado tempo de mandar umas bocas e insultar uns opositores cá de trás da porta de entrada, vão ter que se sentar junto dos políticos crescidos. Outros jotas tomarão o lugar destes na árdua e ridícula tarefa de instigar o auditório contra os seus adversários. Como era de esperar, as “elites” da JS e da JSD irão ocupar em força o “hemiciclo” trofense. Que a maturidade que demonstrem daqui para a frente seja proporcional à responsabilidade que lhes é agora atribuída.

Uma nova era começa hoje. Ao contrário de que alguns ressabiados por ai tentaram espalhar, o E a Trofa é Minha cá estará para escrutinar e acompanhar as movimentações políticas dos 4 próximos anos.

Bom trabalho a todos os eleitos!

Advertisements
This entry was posted in Autárquicas 2013 and tagged , , . Bookmark the permalink.

Deixa aqui o teu comentário...

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s