Sobre a campanha eleitoral trofense em 2013 #2

JSD preservativos SábadoImagem retirada do Facebook da JSD da Trofa

No seguimento de algo que eu já disse aqui antes sobre uma iniciativa do PS da Trofa, serve agora este post para vos dar a conhecer uma iniciativa das JSD e JP da Trofa. Embora a ideia não seja assim tão original (ao contrário do que, segundo a Sábado, disse a líder da JSD), uma vez que já tinha sido posta em prática na década de 90 por António José Seguro (algo que as Jotas também não eram obrigadas a saber), estas Juventudes decidiram distribuir preservativos durante a Semana da Juventude trofense (Semana da Juventude… outra coisa que ainda estou para ver no que vai dar).

Voltamos à velha questão: esta será a melhor maneira de fazer campanha eleitoral? O que será a campanha eleitoral ideal? Para mim, o que é certo é que é preferível gastar o dinheiro disponível para campanha eleitoral em actividades/objectos úteis para a população, que contribuam para o seu bem estar no geral (o que inclui saúde, educação, artes e cultura, desporto, etc.), do que gastar esse mesmo montante em coisas totalmente desnecessárias (nem vou comentar a imagem que o João já colocou aqui, ele tratará da continuação em breve!!).

Neste caso, e tratando-se de uma Semana da Juventude, não me parece uma ideia tão despropositada assim. Até como disse a própria JSD no seu Facebook, “No meio de várias ideias surgiu esta. Podia ter sido outra: distribuir panfletos, dar autocolantes, etc. Entendeu-se que nenhuma delas seria interessante para os jovens.” Até que enfim que a JSD aprendeu a usar as boas mentes que dela fazem parte, por vezes adormecidas e que só acordam (espero poder dizer “acordavam”) para darem respostas tortas às pessoas na internet! A juventude deve ser uma aposta dos partidos políticos, não só neste concelho como noutros. A juventude, tantas vezes prejudicada ao longo destes últimos anos no país, está cada vez mais informada, mais atenta, mais critica. Mais participativa também, diria.

Certamente que distribuir preservativos em 2013 será bem diferente da distribuição de preservativos em 1990, mas vai requerer algum jogo de cintura por parte da JSD e da JP que será interessante verificar (por exemplo: só vão oferecer este método contraceptivo a jovens? Até que idade serão considerados jovens? Apesar de ser durante uma Semana da Juventude, não devem também os menos jovens serem alertados para esta problemática? E vão limitar-se a entregar os preservativos, sem mais nenhum género de sensibilização?). Além disso, será que esta iniciativa existiria se a Semana da Juventude não ressuscitasse, se não fosse necessário marcar presença? Bem, vamos mas é ver também em quê que isto dá credibilidade ao partido.

Se bem se lembram, referi aqui que a tal ideia do PS do “Em forma com determinação” exigiria mais criatividade dos restantes partidos nestas autárquicas. Entregar panfletos e canetas já não basta, definitivamente. Veremos é como é que os restantes partidos, com menos recursos à sua disposição, farão frente a isto!

Por fim, aproveito para dizer que desconheço totalmente a Juventude Popular da Trofa, à excepção de uma ou outra notícias publicadas anteriormente na comunicação social local e uma página parada no Facebook.

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

3 Responses to Sobre a campanha eleitoral trofense em 2013 #2

  1. João Mendes says:

    Vou te deixar um reparo minha amiga: em linha com o que foi dito sobre o facto da Manifest não se enquadrar na estratégia da CMT para apoiar jovens talentos que simplesmente não existe, também esta actividade não pode entrar no balanço da campanha eleitoral da coligação PSD/CDS-PP na medida em que é uma actividade das jotas sem qualquer intervenção da coligação, é uma actividade independente da campanha eleitoral em curso. Por isso, e pela tua ordem de ideias, o PSD/CDS-PP ainda vão ter que “penar” para entrar neste jogo da “criatividade”!

    De resto concordo contigo, a actividade é interessante e marca mais um momento em que o partido socialista inspira a JSD Trofa 🙂

    • Silvéria Miranda says:

      João, faz algum sentido esse teu reparo e já sabia que ia surgir vindo de alguém depois do que eu disse (se não na minha cara, talvez nas minhas costas!!!). Mas repara que aqui a JSD e a JP juntaram-se, tal como o PSD e o CDS da Trofa, há uma certa linha de continuidade. Se isto não pretendesse ter algum impacto nas próximas eleições, não se teriam juntado as duas Jotas, a JSD podia perfeitamente fazer isto sozinha, até porque a JP, para muita gente, é como se não existisse. Contudo, repara que eu disse-te que não se podia confundir as iniciativas da JS com as da Câmara (que não é um partido), e não que não se podia confundir as da JS com as do PS!! Até porque há membros das Jotas que vão integrar as listas para a Assembleia Municipal ou de Freguesia, por exemplo.

      • João Mendes says:

        É mais enquadrado na actual campanha mas não deixa de ser uma acção de uma estrutura fora do contexto da coligação. Mas tens razão, a CMT não é um partido (ainda que suportada por um).

Deixa aqui o teu comentário...

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s